FANDOM


EU SOU CLARISSE, MATADORA DE DRAKONS. Eu vou matar todos vocês! Onde está Cronos? Tragam-no! Será que ele é um covarde?

–Clarisse depois de matar o Drakon em, O Último Olimpiano

Clarisse La Rue é uma filha de Ares e também é a valentona do Acampamento Meio-Sangue. Tem olhos pretos e cruéis seu cabelo é castanho escuro (quase sempre preso com uma bandana), é mais ou menos grandalhona e tem uns músculos, não muitos, mas é bonita. Sua arma predileta é uma lança elétrica que Percy quebrou durante a captura à bandeira em O Ladrão de Raios. Clarisse demonstra ter muito medo de seu pai Ares. Em Os Arquivos do Semideus, seu meio-irmão Deimos o deus do pânico muda sua forma e se transforma em seu pai Ares, erguendo o punho enquanto ela se arrasta no chão e implora por misericórdia. Ela tem aparições em todos os livros da série. No final do quarto livro, ela começa a namorar Chris Rodriguez, que ficou louco após ser resgatado por ela no labirinto e pede conselhos a Silena Beauregard, o que as fazem grandes amigas. No quinto livro Clarisse mata o Drakon que matou Silena, ganhando a benção de seu pai durante o ataque. Durante toda a série, ela é a líder do Chalé de Ares, o Chalé 5, mas atualmente passou o posto para Sherman. Ela foi escolhida para a busca para recuperar o Velocino de Ouro no Mar de Monstros. No caminho, ela resgata Percy, AnnabethTyson da Hidra e leva-los a bordo de um navio chamado CSS Birmingham ao qual ela é a comandante com soldados confederados mortos-vivos como seus trabalhadores. Enquanto navegava pelo Mar de Monstros, eles são separados por Caríbdis e Scylla, e uma explosão explodiu o CSS Birmingham. Clarisse acha todo mundo está morto, e Annabeth e Percy pensam o mesmo. Clarisse atinge a ilha de Polifemo pouco antes de Percy e Annabeth

Polifemo tira a arma de Clarisse, e amarra ela em água fervente. Clarisse grita com ele para libertá-la e lutar, e revela que a noiva de Polifemo é, na verdade Grover que está tentando o seu melhor para manter-se vivo. Irritado, Polifemo declara que Grover seria a refeição, e Clarisse seria a noiva, para seu horror. O Ciclope aprisiona Grover e Clarisse em uma caverna, mas Percy e Annabeth vem em seu socorro. Depois de fugir da caverna, todos eles tentam lutar contra Polifemo, mas não conseguem. Tyson chega e resgata seus amigos, recupera o Velocino de Ouro no processo, mas provocações de Clarisse contra Polifemo o leva a afundar o navio de Percy e AnnabethA Vingança da Rainha Ana.

Com a ajuda de hipocampos, eles escapam do Mar de Monstros para Miami, onde Percy dá o Velocino e todo o dinheiro que havia deixado a Clarisse para que ela pudesse voltar para o acampamento. Ela conseguiu e, assim como ela definir o velo sobre a árvore de Thalia, Percy, Annabeth, Tyson, e Quíron chegou. Naquela noite, o Velocino restaurado árvore de Thalia de volta à saúde e traz de volta Thalia Grace, filha de Zeus, dando Cronos uma segunda chance para controlar a profecia.

Percy Jackson e os Olimpianos Editar

A Maldição do Titã Editar

No início Clarisse não está no Acampamento Meio-Sangue, porque ela está longe em uma missão de reconhecimento em segredo por Quíron (no Labirinto), mas não foi ouvido e é considerado MIA. Ela aparece no final e diz aos campistas e Quíron que ela tem "Más notícias para todos".

A Batalha do Labirinto Editar

Clarisse tornou-se amiga de Annabeth (embora ainda não com Percy), e elas têm vindo a planejar alguma coisa a ver com o segredo missão de reconhecimento de Clarisse no inverno anterior. Ela é vista segurando Juniper no julgamento de Grover com o Conselho de Anciãos. Também é revelado que ela vem de Phoenix, Arizona.

Ela retorna de sua missão e relata que Luke Castellan vem tentando entrar em campo através do Labirinto.

Durante sua busca, ela encontra um companheiro meio-sangue, Chris Rodriguez, perto da casa de sua mãe, que foi levado à loucura por Minos. Ela o leva de volta para o Acampamento Meio-Sangue e tenta cuidar da sua saúde, e chora muitas vezes por causa da sua condição; o que mostra que ela tem fortes sentimentos por ele. Quando ela vê Percy, ela pede que, quando ele encontrasse Dédalo, o criador do Labirinto, para matá-lo. "Porque uma pessoa possa fazer algo como o Labirinto, Percy? Essa pessoa é má. Completamente má". Ela foi vista por Percy Jackson na Casa Grande com Chris. Quando Percy descreve como Clarisse age em relação a Chris, isso o faz acreditar que o conhecia e o amava antes de trocar de lado. O Sr. D. reverta a loucura e os dois são vistos juntos, felizes e de mãos dadas na fogueira enquanto cantam canções de acampamento.

Os Arquivos do Semideus Editar

Clarisse recebeu a tarefa de cuidar da carruagem de seu pai por um dia. (É explicado que é um rito de passagem para os filhos do deus, que ao atingirem certa idade, tem que conseguir ficar até o fim dia com a carruagem inteira). Seus meio-irmãos, os deuses menores Phobos e Deimos, a roubam e com a ajuda de Percy ela consegue recuperá-la e devolvê-lo a seu pai até o por do sol. Isso resulta em os dois se tornando amigos, embora eles mantenham esse fato entre eles, porque os dois têm uma reputação de serem rivais no acampamento; além de Percy descobrir seus medos, algo que ele faz um juramento de guardar só para ele.

A Entrevista Editar

Sua entrevista prenuncia sua antipatia de Michael Yew, por causa de seus desentendimentos com ele, quando ele disse que o Chalé de Apolo era melhor só porque eles poderiam usar armas de longo alcance. Ela também afirma que ela pretende quebrar seu arco sobre a cabeça dele.

O Último Olimpiano Editar

Os ocupantes do Chalé de Ares e Chalé de Apolo estão brigando por uma biga, porque ambos os chalés afirmam serem seu. O chalé de Ares havia liderado o ataque e o chalé de Apolo tinha capturado a biga. No meio da briga, o chalé de Apolo amaldiçoa os companheiros do chalé de Ares de forma que eles têm de falar tudo em rima.

Em um conselho de guerra, ela diz aos outros conselheiros de cabeça que o chalé de Ares não vai lutar, porque eles foram desrespeitados. Ela agarra-se a boa amizade com Silena Beauregard e é simpática quando Charles Beckendorf morre. Ela também é vital na batalha final, porque Cronos tinha enviado um drakon para atacar os heróis e foi anunciado, que apenas um filho de Ares poderia matá-lo; mas o chalé tinha sido enganado e não ajudariam, graças a um espião no acampamento. Finalmente eles chegam, quando Silena está vestida da armadura de Clarisse e engana o chalé para se juntarem a batalha (em um paralelo da Ilíada). Após Silena ser fatalmente ferida, Clarisse carrega o drakon sem armadura e traz a besta para baixo, vingando a morte de sua amiga. A ação também lhe rendeu a bênção de Ares e o respeito de seu pai, que disse que ela era a melhor massacradora de drakon ele já tinha visto. Clarisse continuou a batalha com a horda de monstros, até que ela foi congelada por um gigante Hiperbóreo.

Após a guerra terminar em vitória para os Olimpianos e Meio-sangues, Clarisse e os outros voltaram para o acampamento. Ela e alguns campistas espionam Percy e Annabeth, ela e outros campistas derrubam os dois de sua canoa, dentro do lago.

Os Heróis do Olimpo Editar

O Herói Perdido Editar

Clarisse é mencionado quando se comenta sobre como a arma do campista de Jason Grace é melhor do que a lança de Clarisse, Mutilador (apelidado de "Lamer"). Ela também participou da reunião do conselho, no final do livro, quando Quíron revela a verdade sobre o acampamento romano. Ela menciona que a filosofia brutal dos romanos faz sentido para ela (como Ares é o deus da guerra, então seus filhos como a violência). No entanto, ela não gosta do conceito de semideuses gregos trabalhar/colaborar com semideuses romanos, como eles eram inimigos antes.

A Marca de Atena Editar

Quando Gleeson Hedge está conversando com Frank Zhang sobre o ataque do General Sherman em Atlanta, e como ele queimou-a no chão, Percy pensou que Clarisse faria algo similar.

A Casa de Hades Editar

Gleeson Hedge diz a Frank Zhang, que ele foi o sátiro que trouxe Clarisse para o Acampamento Meio-Sangue. Além disso, Clarisse é vista ajudando semideuses do Acampamento Meio-Sangue a se prepararem para o iminente ataque romano.

O Sangue do Olimpo Editar

Clarisse é vista em uma reunião com Quíron e os campistas chefes de cada chalé, falavam do sonho de Nico sobre o Acampamento Meio-Sangue. Ela diz para atacarem os romanos, no entanto, esta ideia é rejeitada. Além disso, é mostrado que ela tem pouca fé na busca de Reyna para transportar a Atena Partenos. Clarisse levou os gregos à batalha para defender o acampamento, mas parou quando a Atena Partenos foi devolvida. Ela sobreviveu à batalha contra Gaia e foi vista em seguida no pavilhão de jantar mantendo as campistas longe do seu afilhado, Chuck Hedge.

Personalidade Editar

Clarisse é temperamental, arrogante, corajosa e forte como a maioria de seus irmãos. Ela também é conhecida como uma valentona que enfinha a cabeça dos novos campistas em banheiros. Em A Batalha do Labirinto ela mostra fortes sentimentos por Chris Rodriguez e mostra seu lado gentil e atencioso, mesmo antes de se tornar seu namorado. Clarisse é muito orgulhosa e defensiva de sua cabine, e muitas vezes defende o acampamento dos monstros. Ela também é defensiva e muito protetora de sau boa amiga Silena Beauregard depois que ela deu a Clarisse alguns conselhos de namoro. Sua raiva contra Percy aumentou depois que ele derrotou seu pai. Durante O Último Olimpiano, ela está irritada com o acampamento para nunca respeitando o Chalé de Ares. Seu orgulho ainda a impedia de permitir seu chalé de lutar na guerra, até a intervenção de Silena. Ela é semelhante à Aquiles, no sentido de que o seu orgulho às vezes fica no caminho de seu bom senso.

Aparência  Editar

Clarisse é descrita como uma menina grande, alta, com cabelos longos, pegajosos castanhos claros, olhos castanhos e robusta. Percy também descreveu Clarisse ter o mesmo sorriso de escárnio, como seu pai, Ares. Depois de retornar de sua missão de reconhecimento em A Maldição do Titã, seu cabelo é cortado curto e irregular, e Percy diz: "Parecia que alguém havia atacado seu cabelo com uma tesoura de segurança".

HabilidadesEditar

  • TDAH: Como a maioria dos semideuses, Clarisse possui reflexos e sentidos de batalha sobrenaturais inatos que ela usa para analisar o estilo de luta de seu oponente.
  • Habilidades de Combate: Clarisse foi treinada em combate corpo a corpo durante suas estadias no Acampamento Meio-Sangue. Clarisse é um dos melhores guerreiros de Acampamento Meio-Sangue, demonstrado por ela derrotando Deimos em combate, facilmente em combate, e finalmente sendo capaz de matar rapidamente um Drakon Lydiano sozinho e sem armadura em O Último Olimpiano, matando-o com sua lança (embora tenha sido um pouco ferido de antemão), um feito que impressionou até o próprio Ares.
  • Dislexia: Seu cérebro é "conectado" ao grego antigo em vez de aos idiomas modernos.

Ares

Ares, o pai dela.

  • Fisicamente Aprimorada: Como filha de Ares, Clarisse é muito forte, rápida e ágil devido à estrutura física, força na parte superior do corpo e muscularidade de um jogador de rugby.
  • Telumcinese: Ser filha de Ares a tornaria uma especialista em todos os usos de armas e ela pode até ter algum grau de controle mágico sobre elas (por exemplo, ela transformou uma das flechas do chalé da Apolo em borracha). Clarisse demonstra ser hábil em empunhar uma lança, espada e faca, embora sua arma favorita seja sua infame lança elétrica.
    • Conjuração de Arma: Como filha de Ares, Clarisse é capaz de transformar qualquer objeto ao seu redor em qualquer arma e/ou ferramenta através de pura concentração.
    • Maldições em Armas: Como filha de Ares, Clarisse é capaz de colocar maldições nas armas de seus oponentes.
  • Invulnerabilidade (anteriormente): Em O Último Olimpiano, Clarisse recebeu a bênção de Ares, que a tornou quase invencível por um tempo.
  • Necromancia (limitada): Como filha de Ares, Clarisse pode invocar os soldados mortos-vivos perdidos de qualquer guerra. Ela usou essa habilidade em O Mar de Monstros, quando soldados confederados trabalharam para ela a bordo do CSS Birmingham. Ainda assim, os poderes de Clarisse sobre os mortos são muito inferiores aos de Nico di Angelo.
  • Odicinese: Como filha de Ares, Clarisse tem controle e influência limitados sobre as emoções da guerra (como ódio e raiva). Ela, sem saber, usaria essa habilidade para induzir brigas violentas com outros campistas, ganhando uma reputação formidável como aquela que mergulha as cabeças dos novos campistas nos banheiros.
  • Grito Poderoso (limitado): Como filha de Ares, Clarisse é capaz de gerar um grito poderoso capaz de causar aos seus oponentes dor e desconforto extremos.
  • Pirocinese (limitada): Em O Último Olimpiano, Clarisse foi capaz de gerar calor e fogo até um certo grau. Mas seus poderes pirocinéticos não estão no nível de indivíduos como Leo Valdez.

  • Lança Elétrica: Um presente de seu pai, Ares, é uma lança de um metro e meio de comprimento com uma ponta de metal farpada que "pisca com luz vermelha". Essa "luz vermelha" é a eletricidade que eletrocutará o alvo de Clarisse, mesmo que a ponta da lança esteja bloqueada por armadura ou escudo. Embora seja normalmente usado para atordoar ou desabilitar os oponentes, ele libera quantidades letais de eletricidade se quebrada. Foi destruído por Percy em um jogo de Capture the Flag em O Ladrão de Raios . Mais tarde, ela recebe uma lança elétrica de substituição, que ela chama de Maimer (apelidada de Lamer pelos companheiros de chalé e pelos outros campistas nas costas) que também foi destruída quando a usou para matar um Drakon em O Último Olimpiano. Isso também é substituído por uma terceira lança entre os eventos de O Último Olimpiano e O Herói Perdido.
  • Armadura: A armadura de Clarisse era pintada de vermelho (possivelmente para simbolizar o sangue) e tinha um capacete em forma de javali junto (provavelmente para exibir seu status de líder do chalé de Ares).
  • Espada Depois de destruir sua segunda lança elétrica para matar um Drakon, Clarisse empunha temporariamente uma espada de um de seus irmãos falecidos (presumivelmente um irmão) entre os eventos da Segunda Guerra dos Titãs em O Último Olimpiano e O Herói Perdido.
  • Faca: Ela carrega uma faca no cinto como uma arma lateral.
  • Carruagem de Guerra de Ares: A carruagem que pertence a seu pai, que ela pode pegar emprestado de vez em quando. Pode mudar de forma (motocicleta, tanque, conversível, etc.).
  • Ajuda Adicional de Ares: Ela pode orar ao pai por ajuda - geralmente na forma de armas ou lacaios mortos-vivos. Ela usa isso para obter um Navio de Guerra Revestido de Ferro e uma tropa de esqueletos soldados confederados, cortesia de seu pai, Ares, em O Mar de Monstros; ambos são destruídos por Charybdis em sua busca pelo Velocino de Ouro no mesmo livro.

Relacionamentos Editar

Amigos Editar

Percy Jackson Editar

Embora possa não parecer à primeira vista, Percy e Clarisse estão em boas condições. O relacionamento deles não começou bem com sua cerimônia de "iniciação" de tentar enterrar a cabeça em um banheiro (que saiu pela culatra completamente, quando ela e algumas de suas irmãs foram embebidas com água do banheiro e jogadas na lama. pelo poder de controle de Percy sobre a água) e a subsequente captura do jogo bandeira terminando com os dois guardando rancor um contra o outro. Percy devido à sua atitude, e Clarisse por causa do dano causado à sua reputação. Quando Percy feriu seu pai, ele deu a ela uma boa razão para odiá-lo. Em O Mar de MonstrosO Mar de Monstros, eles começaram a se entender melhor, mesmo sendo capaz de trabalhar em conjunto com pequenos argumentos. Ao longo dos próximos três livros (mais Os Arquivos do Semideus), que crescem a partir dai, uma relação que era hostil até se considerarem amigos e aliados valiosos.

Annabeth Chase Editar

A princípio, ela e Annabeth eram inimigas, mas em A Batalha do Labirinto, elas se tornaram amigas depois de trabalhar juntas no problema do Labirinto. Também deve-se salientar que, Annabeth foi a única a poder liderar a Missão no Labirinto de Dédalo.

Silena Beauregard Editar

" Ela era uma heroína, entendeu?'Uma heroína! "

Clarisse tornou-se guarda-costas pessoal de Silena e amiga em O Último Olimpiano, após a filha de Afrodite lhe dar conselhos sobre namorados. Ela foi vista consolando Silena depois que seu namorado, Charles Beckendorf morreu. A morte de Silena causou em Clarisse, uma agonia e raiva incontrolável, por meio da qual ela foi capaz de derrotar o drakon e ganhou a bênção de Ares (similar à história de Aquiles e Pátroclo).

Interesses Amorosos Editar

Chris Rodriguez Editar

Clarisse encontra Chris vagando pelo deserto, perto de sua casa, depois que ele foi levado à loucura por Minos no Labirinto. Ela tentou cuidar dele e trazê-lo de volta a sua saúde mental, mas nada ajudou. Clarisse era gentil e carinhosa quando o ajudava. Assim que Dionísio curou Chris de sua loucura, Clarisse e Chris começaram a namorar.

Família Editar

Ares Editar

Clarisse tem muito medo de seu pai Ares. Quando é dada a ela uma missão para encontrar o Velocino de Ouro, ela mostra ter medo da dureza de seu pai. Ares parece favorecer os seus filhos, em vez de suas filhas, como disse Clarisse que um de seus filhos deveria ter começado a busca, e apenas um deles nunca dirigiu carro (com Clarisse sendo a primeira menina em um longo período de tempo). Em Os Arquivos do Semideus, foi mostrado por Phobos, meio-irmão de Clarisse e deus menor, que o medo mais profundo de Clarisse era seu pai estar com raiva dela. No entanto, Clarisse fez com que seu pai ficasse orgulhoso quando ela sozinha lutou e destruiu um gigantesco drakon e ele lhe deu sua bênção na batalha final, em O Último Olimpiano.

Sra. La Rue Editar

Embora nunca tenha sido vista na série, Clarisse passa o tempo na casa de sua mãe em Phoenix - Arizona, ocasionalmente. Isso é mostrado durante A Batalha do Labirinto, quando Chris aparece perto de sua casa e sua mãe lhe permite tentar ajudá-lo a recuperar sua saúde mental.

Phobos e Deimos Editar

Phobos e Deimos são meio-irmãos de Clarisse. Em A Quadriga Roubada (um conto de Os Arquivos do Semideus), Phobos e Deimos roubam o carro de seu pai e intimidam ela. Percy aparece para ajudá-la e ela confessa que odeia seus irmãos e prefere ser deixada de lado sozinha. Mas no fim ela acaba encarando os irmãos e vencendo o medo que, os deuses menores, a impuseram.

FilmesEditar

Clarisse

Leven como Clarisse.

A personagem Clarisse foi cortada do filme Percy Jackson e o Ladrão de Raios, somente aparecendo no filme de O Mar de Monstros, onde tem uma participação maior. Clarisse é representada pela atriz Leven Rabin, o filme segue a mesma trajetoria de Percy Jackson e o Mar de Monstros, sendo assim, é Clarisse que é escolhida para a missão de recuperar o Velocino de Ouro.

Curiosidades Editar

  • A mãe de Clarisse vive em torno de Phoenix, Arizona; em algum lugar perto de uma saída para o labirinto.
  • O primeiro nome de Clarisse é como de Annabeth - Annabeth é um anagrama de Atena com letras extras e Clarisse é um anagrama de Ares com letras extras sendo C, L, I e um extra de S.
  • A arma de Clarisse, Mutilador, foi destruída em O Ladrão de Raios e seu segundo em O Último Olimpiano. Ainda em O Herói Perdido, uma campista comenta sobre sua inferioridade quanto a arma de Jason. É possível que, após o primeiro e o segundo terem sido destruídas, ela adquiriu um terceiro Mutilador.

Atrás dela de volta, a maioria dos campistas chamá-la de lança MutiladorLamer.

  • As ações de Clarisse em O Último Olimpiano espalham as ações de Aquiles na Ilíada. Depois de não receber o que eles achavam que mereciam, eles se recusaram a lutar na guerra. Em seguida, um amigo roubou sua armadura (Silena e Potroclus respectivamente) e levou as suas forças para a batalha, antes de ser morto pelo inimigo. Isso levou cada um deles para entrar em uma raiva cega, voltar da guerra, e matar o ser responsável pela morte de seu amigo.
  • Clarisse é uma dos personagens em qualquer série a ter a bênção de Ares, o outro sendo Frank Zhang.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.