FANDOM


Oraculo NÃO ENTRE NO SÓTÃO! Este artigo contém spoilers

A Batalha de Manhattan foi a ação final dos Titãs contra os deuses na Segunda Guerra dos Titãs. Cronos liderou o ataque à cidade, na intenção de tomar o controle do Olimpo. Para a defesa, apenas alguns meio-sangues participaram, entorno de 70 semideuses e as Caçadoras de Ártemis.

Percy Jackson e Annabeth Chase foram ao Olimpo falar com o Rei dos deuses, Zeus, em busca de apoio. Mas, o Senhor dos Titãs tinha outros planos para os olimpianos: Tífon. Os deuses tentavam retardar o monstro enquanto o Acampamento Meio-Sangue cuidava da defesa da cidade. Eles sofreram muitos ataques durante cinco dias, até o aniversário de Percy, que querendo ou não, marcaria o fim daquela guerra. Morfeu, um dos aliados de Cronos, fez todos os mortais em Manhattan, adormecer, exceto Rachel, uma mortal que conseguia prever o futuro.

De início, o chalé de cinco negou qualquer participação na defesa, mas a conselheira-sênior do chalé dez, Silena Beauregard, na época, fingiu ser Clarisse e levou os guerreiros de Ares à batalha. Assim que Clarisse derrotou um drakon, Percy, Annabeth e Grover foram ao Olimpo.

No Olimpo, encontraram Rachel Elizabeth Dare com o pithos de Pandora, "cortesia" de Prometeu. Percy Jackson deu de presente o jarro à Héstia, a deusa da esperança. E logo depois do feito, subiu no trono de seu pai para aconselhá-lo a lutar ao lado dos outros olimpianos contra Tífon. O deus, surpreendendo a todos, aceitou após uma breve conversa. Assim que o garoto desceu da cadeira de pescador, Thalia, a filha de Zeus, chegou às pressas pedindo ajuda.

Cronos tomara a linha de frente do último ataque. Nico di Ângelo conseguira convencer seu pai Hades, o deus do submundo a lutar junto com os semideuses; enquanto Percy, Thalia, Grover e Annabeth cuidavam do Senhor Titã. Cronos selou o prédio isolando ele, os três meio-sangues e o sátiro. Uma das estátuas de Hera, caiu em cima de Thalia, a impedindo de colaborar mais.

Como um milagre, Annabeth e Percy, conseguiram, trazer Luke de volta ao controle de seu corpo, já que Cronos o estava possuindo. Na esperança do ex-amigo fazer a escolha certa, Percy Jackson entrega a lâmina maldita, a faca dada de Luke à Annabeth, para Luke. O ponto de Aquiles do garoto salvou a todos.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.